geral@joaninhas.pt
21 486 56 53

Sobre nós

Joaninhas

A Joaninhas começou por ser um projecto comercial baseado no empreendedorismo e na muita vontade em querer fazer algo diferente.

Abrimos as portas a 22 de Abril de 2013, no Largo de Alvide em Alcabideche/Cascais.

O nosso projecto inicial estava centrado na venda de roupa nova/usada dos 0 meses aos 12 anos, tendo sempre por base os melhores critérios de qualidade em cada peça de roupa aliado a um atendimento de excelência.

Porque era e continua a ser um projecto com alma, fizemos questão de sermos nós próprios a produzir tudo. Cada parafuso que foi apertado, cada nuvem pintada no tecto, cada parede pintada, tudo foi executado por nós.

Ao fim de dois meses e a pedido de vários clientes, adicionámos a secção de adulto na roupa usada o que rapidamente fez enorme sucesso ultrapassando até a procura de roupa de criança.

Paralelamente, existia uma divisão de negócio de personalização de roupa. Esta área correspondia a 20% do negócio e notava-se ter potencial para evoluir.

Porque o autor do projecto acredita que cada empresa deverá ter uma componente social, tornámo-nos associados do movimento Reutilizar.Org e consequentemente passámos a disponibilizar um Banco de Troca de Livros Escolares, algo que sempre foi feito gratuitamente em prol da comunidade num regime de voluntariado.

O nosso Banco começou assim! Não sabíamos o que esperar e se no final do ano lectivo tivéssemos trocado 200 a 300 livros já teria sido um sucesso para nós. Contudo e muito acima das nossas expectativas o Banco começou a crescer muito rapidamente e com imensos donativos de livros. A 8 de Agosto já tínhamos trocado mais de 2000 livros. A 30 de Agosto ultrapassávamos os 3000 livros e fechámos o balanço a 16 de Setembro com 4000 livros trocados, num total de 75 dias, por 1300 famílias, num valor comercial mínimo de 50.000€. A 24 de Setembro éramos noticia na RTP. Acabávamos de passar dois meses e meio de exaustão com duras provas emocionais ao sermos confrontados directamente com quantos tanto precisavam. Em 2015 voltámos a repetir a experiência e conseguimos atingir quase o dobro dos valores de 2014.

A 7 de Agosto de 2013 inauguramos a nossa loja online www.joaninhas.pt

A 1 de Novembro de 2014, tomamos parte na fundação no movimento Rebrincar. Cedemos espaço na loja para receber brinquedos, assim como outros comerciantes que também participaram e nesse mesmo Natal esses brinquedos foram entregues nas escolas da região junto das crianças que teriam um Natal menos abastado. Só na nossa loja reunimos três paletes de brinquedos.

Num momento em que tudo corria bem, a 21 de Outubro de 2014 a nossa loja é assaltada durante a madrugada. Destroem-nos a montra, roubam-nos 70% do nosso stock, máquinas e algum dinheiro de caixa.

Em 48 horas colocámos novamente a loja em funcionamento. Quando ainda estávamos em fase de recuperação, a 19 de Março de 2015 pelas 12:00 sofremos um assalto à mão armada sendo a esposa do autor do projecto, esfaqueada na cara em plena luz do dia. Porque é natural assim pensarmos, ficou a ideia que tal situação não nos voltaria a acontecer tão cedo. Contra esta ideia eis que um mês depois, no dia 22 de Abril de 2015, somos novamente assaltados e novamente a esposa do empresário esfaqueada enquanto recuperava  do assalto anterior. Talvez coincidência mas este último assalto foi exactamente no dia em que comemorávamos 2 anos de actividade.

Decidimos fechar as portas da loja física e apostar tudo na loja online. O nosso modelo de negócio de roupa nova/usada era incomportável online pelo que apostámos tudo na divisão de personalização de roupa. Em novas instalações não abertas ao público trabalhamos agora todos os dias para satisfação dos nossos clientes. Desaparecemos de Cascais para passar a estar no País inteiro.

Hoje, 11 de Abril e 2016, marcamos um novo passo na nossa caminhada com um novo investimento na nossa imagem. Loja Online nova, logotipo novo, cores novas, mas o atendimento de sempre centrado na qualidade e no bem estar do nosso cliente.

Continuaremos sempre, para e pelos nossos clientes

Obrigado